14 de jan de 2010

Tua ausência fazendo silêncio em todo lugar...

Contrastando com a tua alegria, hoje meu dia não tem cor. Só tem saudades...
Eu nunca concordei com aqueles discursos pós-morte: “Ele foi tão bom...”.
Que merda! Ninguém é reconhecido por ser bom em vida, mas as pessoas insistem em canonizar depois que morrem – penso eu.
Mas não tem como pensar em você e, antes de deixar lágrimas de saudade inundarem o rosto, não esboçar um sorriso lembrando de sua bondade.
Você não foi um santo, mas foi MUITO bom.
Bom o suficiente pra não conseguir ver ninguém chateado e não arrancar um sorriso, mesmo que forçado. Bom o suficiente pra, mesmo cansado depois de escola e curso o dia inteiro, fazer todos chorarem de rir nos ensaios do teatro com o Parvo de “O Auto da Barca do Inferno”. Bom o suficiente pra convencer metade da galera cabular o teatro e ir pra uma escada comemorar o seu aniversário mesmo em baixo de um temporal enorme.
Sorriso brilhante... Olhar malicioso... Coração inocente... Abraço pegajoso...
A sua fala “o que importa é que a gente ta junto...” ecoava nos ouvidos de quem estava sem ânimo pra fazer o que quer fosse, desde que estivéssemos mesmo todos juntos.
Ainda lembro de você grafitando nossos nomes nas folhas timbradas do CAMP (ainda as tenho guardadas...).Ainda escuto você cantando “Ôôô Mariiiia...” quando eu entrava na escola. Era sagrado.
Dói saber que os lugares por onde passamos continuam lá e você não está aqui pra aproveitar conosco. Dói ter a certeza de que não teremos mais sua voz rouca a dar todo um charme pra qualquer música cantada em grupo.
Você fez CADA momento inesquecível com a sua mania de não deixar ninguém de cara amarrada e fazer todo mundo sorrir e aproveitar contigo. Outros anos sem você hão de vir, as pessoas tendem a esquecer, mas quem conheceu tua essência a levará para sempre na memória.  
Foi a sua bondade que te fez inesquecível. Foi a amizade/irmandade pura que você me ofereceu que te fez eterno na minha vida. É a lembrança do seu sorriso que guardo na minha memória, por mais intensa que seja a dor da saudade, seu sorriso nas fotos ainda tem o poder de rasgar qualquer tristeza que me invada vez ou outra. E é ele que vou levar comigo. Pra sempre!



7 comentários:

Anônimo disse...

Maria.. Desta vez voc realmente tocou minha alma.. CHOREI !

Mais lindo IMPOSSÍVEL =*)

Tati ~~ ♥ ~~ disse...

Realmente lindo...
esse menino faz uma super falta...
por tudo, mas também porque ele animava minhas aulas rs
Parabéns pelas palavras... vieram do coração.

Evelyne Freitas disse...

Não há o que dizer, apenas lamento.
Receba meu abraço.

Sem freios... disse...

Lindo Mah =*)

Nathalia Tavares disse...

vc me emocionou mt com esse texto!!!
obrigada por me tocar tão fundo
bjs

Anônimo disse...

lindo texto !!!mesmo sem conhece-lo emocionei-me!!!
pois sei bem o que é isso!!!

Anônimo disse...

realmente texto extraordinariamente
lindo!!! emocionei-me , pois sei bem o que é sentir falta de alguém especial em nossas vidas...