29 de jan de 2010


Hoje o dia permanece triste. Céu escuro, vento gelado e pingos de chuva na janela. Tanta coisa pra fazer e mais ainda pra pensar.
Completamente sem tempo pros pensamentos que me atormentam.
Preciso analisar o que estou fazendo, me concentrar e pronto: Está tudo resolvido. Mesmo sabendo, é como se algo me parasse, me fizesse estagnar, o medo me aprisionando com nós que nem os sonhos mais bonitos conseguem desatar. Minha cabeça num turbilhão de pensamentos, como a chuva, onde vem milhões de pingos numa tempestade só. Dificil de esquecer... de controlar... lidar...

Um comentário:

Ana Alice disse...

É incrível como ás vezes, nos sentimos assim.