30 de jan de 2010

 

Eu sei que você só me interessa por ser impossível. Talvez eu perdesse meu encanto se tudo desse certo entre nós. O que me faz sentir é sua distância, o medo de perder nossa ligação tão inexplicável. 

Veronica H.

29 de jan de 2010


Hoje o dia permanece triste. Céu escuro, vento gelado e pingos de chuva na janela. Tanta coisa pra fazer e mais ainda pra pensar.
Completamente sem tempo pros pensamentos que me atormentam.
Preciso analisar o que estou fazendo, me concentrar e pronto: Está tudo resolvido. Mesmo sabendo, é como se algo me parasse, me fizesse estagnar, o medo me aprisionando com nós que nem os sonhos mais bonitos conseguem desatar. Minha cabeça num turbilhão de pensamentos, como a chuva, onde vem milhões de pingos numa tempestade só. Dificil de esquecer... de controlar... lidar...

28 de jan de 2010

"Deixe que os outros vivam vidas pequenas, mas não você.
Deixe que os outros discutam por coisas pequenas, mas não você.
Deixe que os outros chorem por pequenas feridas, mas não você.
Deixe que os outros deixem os seus futuros nas mãos de alguma outra pessoa, mas não você."

Jim Rohn
"Frágil — você tem tanta vontade de chorar, tanta vontade de ir embora. Para que a protejam, para que sintam falta. Tanta vontade de viajar para bem longe, romper todos os laços, sem deixar endereço."
Caio Fernando Abreu

27 de jan de 2010



"Quem me vê sempre parado, distante
Garante que eu não sei sambar
Tou me guardando pra quando
O Carnaval chegar..."
Chico Buarque

"Hoje quero passar dos limites da aparência
e achar o que há de mais lindo no coração!"
Caio Fernando Abreu

26 de jan de 2010



"Só não te convido pra dançar...
Porque o assunto que eu quero contigo é em particular"

Marisa Monte

25 de jan de 2010

Válvulas de escape

Para onde você vai quando precisa se sentir em paz? O que você faz quando a realidade pressiona?
As indústrias de entretenimento lucram horrores todos os meses pois as pessoas estão cansadas da realidade e tentam se livrar dela, esquecendo-se de que os finais felizes são finais e se vão junto com o “the end”. Tirando o monstro capitalista, as válvulas de escape te levam para um outro mundo, onde as coisas podem sim ser perfeitas e finais podem sim ser felizes.
É lógico que teatro, livro, cinema, além de agregar cultura à pessoa, torna o mundo mais encantado. Mas e depois? De nada vale se maravilhar com a história de alguém que venceu na vida e não mexer uma palha para subir um degrau na sua.
Se a sua válvula de escape tem apenas o objetivo de te ajudar a escapar e não te inspira a viver melhor, é mais proveitoso investir tempo tentando melhorar a sua realidade do que fugindo dela.

23 de jan de 2010


"Tenho trabalhado tanto, mas penso sempre em você. Mais de tardezinha que de manhã, mais naqueles dias que parecem poeira assentada aos poucos e com mais força enquanto a noite avança. Não são pensamentos escuros, embora noturnos. Parecem filme, livro, quadro. E não doem porque não ameaçam. Nada que eu penso de você ameaça."

Caio Fernando Abreu again

22 de jan de 2010

"...Sei lá, tem sempre um pôr-do-sol esperando para ser visto, uma árvore, um pássaro, um rio, uma nuvem. Pelo menos sorria, procure sentir amor. Imagine. Invente. Sonhe. Voe. Se a realidade te alimenta com merda, meu irmão, a mente pode te alimentar com flores."

Caio Fernando Abreu

21 de jan de 2010




"Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho, sem sacrificar feriados e domingos pelo menos uma centena de vezes.
Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá que se dedicar a isso, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo.
Se quiser um casamento gratificante, terá que investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo.
O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem, mas, para obter um resultado diferente da maioria, você tem que ser especial. Se fizer igual a todo mundo, obterá os mesmos resultados.
Não se compare à maioria, pois ela não é modelo de sucesso.
Se você quiser atingir uma meta especial, terá que estudar no horário em que os outros estão tomando chope com batatas fritas.
Terá de planejar, enquanto os outros permanecem à frente da televisão.
Terá de trabalhar enquanto os outros tomam sol à beira da piscina.
A realização de um sonho depende de dedicação, há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica, mas toda mágica é ilusão, e a ilusão não tira ninguém de onde está, em verdade a ilusão é combustível dos perdedores, pois...
Quem quer fazer alguma coisa, encontra um MEIO...
Quem não quer fazer nada, encontra uma desculpa!

Pense Nisso!"

[Roberto Shinyashiki]
Créditos
É fácil não ter medo de altura quando se vive subterraneamente.

20 de jan de 2010

"Eu quero que a cada momento em que você sentir dúvida, você feche os olhos e sinta o vento. Eu quero que o vento lhe sopre sonhos bons e lhe leve bem rápido para onde seu coração lhe guiar, para onde você quiser ir. Não precisa hesitar, pode acreditar, essa noite eu dispensei o acender de velas para pedir pelos seus sonhos. Eu desejei ao universo que ele acendesse o sol em sua intenção, por isso, toda vez que o sol brilhar lembre-se que há uma chama em seu nome brilhando todos os dias, então, quando os sonhos sumirem e tudo parecer escuro, por mais que a esperança se vá, o sol sempre voltará a brilhar por você, só por você. Fique bem, meu bem"
 

Com todo o meu afeto, de Ruleandson do Carmo

19 de jan de 2010

" Se não gostar de ler, como vai gostar de escrever?
Ou escreva então para destruir o texto, mas alimente-se fartamente! Depois vomite. Pra mim, e isso pode ser muito pessoal, escrever é enfiar um dedo na garganta. Depois, claro, você peneira essa gosma, amolda-a, transforma. Pode sair até uma flor. Mas o momento decisivo é o dedo na garganta "

Autor desconhecido

18 de jan de 2010

"Um dia, alunos me perguntaram se eu acreditava na existência de vida inteligente em outros planetas, não necessariamente no Sistema Solar.
Respondi-lhes que estatisticamente é mais do que possível, pois existem mais galáxias no Universo do que grãos de areia na Terra. Disse-lhes: “Acredito sinceramente que existem inteligências superiores à nossa no Universo.”
Um dos alunos me perguntou:
- E por que elas não entram em contato conosco?
E eu:
- Porque são inteligências superiores."

Fausto Wolff, A milésima segunda noite, Noite 527, (Bertrand Brasil, pg. 358) .

17 de jan de 2010

-Tá fresquinho - ela serviu o café - Agora só consigo dormir depois de tomar café.
-A senhora não devia. Café tira o sono!
Ela sacudiu os ombros:
-Dane-se! Comigo sempre foi tudo ao contrário.


Caio Fernando Abreu in Os Dragões Não Conhecem o Paraíso

Me traz você, por favor? Me traz você e leva embora todas essas coisas chatas que servem só para ocupar meu tempo enquanto você não chega?

15 de jan de 2010

"Eu tenho medo de altura, mas não evito meus abismos.
São eles que me dão a dimensão de quem eu sou."

Kathlen Heloise Pfiffer

14 de jan de 2010

Tua ausência fazendo silêncio em todo lugar...

Contrastando com a tua alegria, hoje meu dia não tem cor. Só tem saudades...
Eu nunca concordei com aqueles discursos pós-morte: “Ele foi tão bom...”.
Que merda! Ninguém é reconhecido por ser bom em vida, mas as pessoas insistem em canonizar depois que morrem – penso eu.
Mas não tem como pensar em você e, antes de deixar lágrimas de saudade inundarem o rosto, não esboçar um sorriso lembrando de sua bondade.
Você não foi um santo, mas foi MUITO bom.
Bom o suficiente pra não conseguir ver ninguém chateado e não arrancar um sorriso, mesmo que forçado. Bom o suficiente pra, mesmo cansado depois de escola e curso o dia inteiro, fazer todos chorarem de rir nos ensaios do teatro com o Parvo de “O Auto da Barca do Inferno”. Bom o suficiente pra convencer metade da galera cabular o teatro e ir pra uma escada comemorar o seu aniversário mesmo em baixo de um temporal enorme.
Sorriso brilhante... Olhar malicioso... Coração inocente... Abraço pegajoso...
A sua fala “o que importa é que a gente ta junto...” ecoava nos ouvidos de quem estava sem ânimo pra fazer o que quer fosse, desde que estivéssemos mesmo todos juntos.
Ainda lembro de você grafitando nossos nomes nas folhas timbradas do CAMP (ainda as tenho guardadas...).Ainda escuto você cantando “Ôôô Mariiiia...” quando eu entrava na escola. Era sagrado.
Dói saber que os lugares por onde passamos continuam lá e você não está aqui pra aproveitar conosco. Dói ter a certeza de que não teremos mais sua voz rouca a dar todo um charme pra qualquer música cantada em grupo.
Você fez CADA momento inesquecível com a sua mania de não deixar ninguém de cara amarrada e fazer todo mundo sorrir e aproveitar contigo. Outros anos sem você hão de vir, as pessoas tendem a esquecer, mas quem conheceu tua essência a levará para sempre na memória.  
Foi a sua bondade que te fez inesquecível. Foi a amizade/irmandade pura que você me ofereceu que te fez eterno na minha vida. É a lembrança do seu sorriso que guardo na minha memória, por mais intensa que seja a dor da saudade, seu sorriso nas fotos ainda tem o poder de rasgar qualquer tristeza que me invada vez ou outra. E é ele que vou levar comigo. Pra sempre!



13 de jan de 2010

"Sou exatamente como um livro: Há quem me interprete pela capa. Há quem me ame apenas por ela. Há quem viaje em mim. Há quem viaje comigo. Há quem não me entenda. Há quem nunca tentou. Há quem sempre quis ler-me. Há quem nunca se interessou. Há quem leu e não gostou. Há quem leu e se apaixonou. Há quem apenas busca em mim palavras de consolo. Há quem só perceba ironia e subjetividade.
Mas, tal como um livro, sempre trago algo de bom em mim."

12 de jan de 2010

Brisa Feliz!

Há algumas semanas atrás estava fazendo um backup de arquivos de 2007, então achei o seguinte trecho: 

"Regra básica: se a vida lhe oferecer menos do que você merece não aceite. É simples assim: se você recebe menos do que quer e fica satisfeito com isso, a vida nunca vai te dar mais... vai te dar sempre aquilo que te satisfez... Tá pouco? Grite: Nããããããooooo... Quero mais... Entre o pouco e o nada, escolha o nada... E preserve sua dignidade... Jogue o de menos que lhe chegou no lixo, sem dó nem piedade... E nem olhe pra trás!! Já ouviu aquele ditado que diz que "quem não chora não mama"? Então... Reclame, esperneie, grite: eu quero maaaaaiiiiiissssss... Aí sim, você vai receber da vida o tanto que você merece ter... Pois é... definitivamente, sobras e restos não me interessam!!!!"


Esse trecho foi retirado do blog Brisa Feliz, que seguia assiduamente naquela época... Senti saudades, fui dar uma olhada - e que surpresa! Ainda estava lá! Mudanças no layout, mas a mesma sensibilidade com as palavras...
Nesse final de semana tive o prazer de conversar com a Fernanda, dona do Brisa, pelo Facebook.
Que linda! Recebi até uma visita e um comentário aqui no Polisipo.
Bom, fica aqui a dica então! Se querem conhecer uma blogueira de verdade (rs) e ter uma leitura aprazível... O destino é certo:





Em 2010 sabe-se lá o que vai acontecer...
Mas eu queria MUITO que acontecesse alguma coisa!

Roteiro de uma nostalgia


    Ouvir trilhas que marcaram uma época da minha vida faz com que instantaneamente um filme passe a rodar na minha cabeça: Um filme mudo, preto e branco e sem final, assim como a história que deu origem ao nosso documentário.
    A película de uma época onde os holofotes apontavam pra uma só pessoa...
    Hoje, a protagonista continua sendo eu e os coadjunvantes continuam sendo andarilhos perdidos em terras alheias (ou a perdida em terras alheias é a protagonista?), e, vendo o script que pedia uma performance verdadeira, fica nítida a bela atuação nos momentos em que sinceridade era o esperado para a cena principal.
    No início o prejuízo foi grande para todos os participantes, mas no fim todos saíram com saldo positivo de alguma forma... Uma produção que ficou em cartaz por um tempo e que por razões técnicas foi tirada do ar, mas que sempre será lembrada por quem teve a coragem de assumir os riscos e se entregar à essa produção independente!


♫♪ "Agora o tempo já passou, a tempestade enfim acabou, a rua já secou, fez sol lá fora... Aquela insônia já curei, do mau humor já melhorei e até me acostumei com a sua falta... É e vai ser sempre assim: Se for amor, esse amor dói demais se chega ao fim! Não tem remédio mesmo, eu quis você pra ficar, eu quis sumir, te esquecer, quis morrer, quis te ligar... EU NÃO QUERIA mas já levo a vida sem você! Hoje foi bom te encontrar, o tempo passou, como está? Difícil foi... Mas tudo bem, eu também tô sem ninguém! E só me restou o ciúme, não sei se por medo ou costume... Seja feliz! Fica com Deus! Se der saudade não me liga... Adeus!" ♫♪

10 de jan de 2010

"Inconscientemente, parecia querer buscar em autores, filmes e música, algum tipo de consolo. Como se alguém precisasse chegar perto de onde eu estava, colocar uma das mãos no meu ombro e dizer que aquilo era normal. Que acontecia também com outras pessoas. E que iria passar.''
Caio F. 


1000 visitas?! MUITO obrigada!

9 de jan de 2010




As vezes eu acho que eu amo o vácuo. Porque a pessoa que eu menos conheci é a que mais me mata de saudade todo dia.


...

Já sentiu o prazer de salvar uma vida?




Clique na imagem para ampliar

Assim como as doações, orações também são bem vindas.

8 de jan de 2010






"Eu anuncio em primeira mão todos os meus atos e todos os meus sentimentos, extra, extra! Eu me jogo, me disponibilizo, me coloco a serviço! Enfio os 10 dedos na tomada, levo choque, e mais tarde repito a dose, novo choque: Sim, sou uma viciada em arrependimentos emocionais"

Martha Medeiros

7 de jan de 2010

Veja aquele menino ali, andando de bicicleta. Ele acabou de pedir pro seu pai tirar as rodinhas traseiras, que lhe proporcionavam o equilíbrio exato em todos os momentos, pra assim poder correr mais além.
Pare essa cena, e pense que se ele tentar andar, cair e se machucar bastante, ele não vai querer tentar novamente tão cedo, e quando tentar ele vai ter todo o cuidado, pra não cair no mesmo lugar e repetir o mesmo erro, com o mesmo machucado e a mesma dor. 
Agora volte e pense que esse menino não caiu, ele conseguiu! E foi espetacular! Na próxima vez que ele tentar, será empolgante, e, como ele não conhece a dor, ele não vai temer o cair...

É isso que faz as pessoas serem tão amorosas ou tão geladas. É isso que acontece com o coração de cada um, sempre serve de exemplo, o primeiro fracasso ou a primeira vitória.
É isso que faz as pessoas terem tanto receio de errar de novo ou terem tanta esperança que vai ser tão lindo e espetacular quanto foi antes...

Daqui

"Se é pra sofrer, que seja sozinho, onde seu rosto possa estampar desalento, inchaços, nariz vermelho, olhar perdido, boca crispada. Se é pra sofrer, que o corpo possa verter, vergar, amolecer. Se é pra sofrer, que possa ser descabelado, que possa ser de pés descalços, que possa ser em silêncio.Malditos todos aqueles com quem não podemos compartilhar nossa dor, e nos obrigam a fingir que nada está se passando dentro da gente.
Disfarçar um sofrimento é trabalho de Hércules. Um prêmio para todos aqueles que conseguem fazer com que os outros não percebam sua falta de ânimo nos momentos em que ânimo é tudo o que esperam de nós: nas ceias de Natal, jantares em família, reuniões de trabalho. Você não quer estar ali, quer estar em Marte, quer estar em qualquer lugar onde não seja obrigado a sorrir.
Há sempre o momento de pedir ajuda, de se abrir, de tentar sair do buraco. Mas, antes, é imprescindível passar por uma certa reclusão. Fechar-se em si, reconhecer a dor e aprender com ela. Enfrentá-la sem atuações. Deixar ela escapar pelo nariz, pelos olhos, deixar ela vazar pelo corpo todo, sem pudores. Assim como protegemos nossa felicidade, temos também que proteger nossa infelicidade. Não há nada mais desgastante do que uma alegria forçada. Se você não está bem, recolha-se, não suba ao palco. Disfarçar a dor é dor ainda maior."

Martha Medeiros

aonde Deus possa me ouvir...



Sabe o que eu queria agora, meu bem?
Sair, chegar lá fora e encontrar alguém
Que não me dissesse nada
Não me perguntasse nada também
Que me oferecesse um colo ou um ombro
Onde eu desaguasse todo desengano
Mas a vida anda louca!
As pessoas andam tristes!

Meus amigos não são amigos de ninguém...
Sabe o que eu mais quero agora, meu amor?
Morar no interior do meu interior
Pra entender porque se agridem
Se empurram pro abismo
Se debatem, se combatem sem saber

Meu amor...
Deixa eu chorar até cansar
Me leve pra qualquer lugar
Aonde Deus possa me ouvir
Minha dor...
Eu não consigo compreender!
Eu quero algo pra beber
Me deixe aqui pode sair...



Vander Lee- Aonde Deus possa me ouvir

6 de jan de 2010

Caio Vinícius,




  Setembro de 2008

     Fiquei pensando em deixar um texto bem bonito aqui hoje, no seu aniversário, mas não saiu, simplesmente não consegui.
     Logo você, que eu tenho tantas coisas pra falar, com quem eu vivi tantas situações, veja só, não consegui escrever sobre você!
     Deve ser porque você é a pessoa com quem eu posso ser 100% eu. E essa transparência me permite falar pra você o quanto eu te considero um irmão sem medo de você me achar louca. Então, qualquer coisa que eu escreva, não será novidade para você. Eis a razão do meu bloqueio!
     Nós não nos conhecemos desde pequenos, mas crescemos bastante desde que passamos a andar juntos. Você sempre me ensinou a ser uma pessoa melhor, me mostrou que estar sempre “na defensiva” não era bom pra mim nem para os outros.
     Até nas nossas brigas que parecem de casal (“Você não devia agir assim!”; “Mas você fez isso primeiro!”; “Ah, quer saber?! Me esquece!” rs), posso dizer que nossa relação é baseada em cuidado.
     Eu cuido de você quando você está mal e faço boldo pra te curar e você cuida de mim quando tomo alguma atitude errada (vááárias!) e você me mostra como corrigir.
     A idéia de que, depois de anos de convivência diária, nós vamos nos afastar não me angustia porque eu sei que faremos nossa amizade fluir apesar de qualquer distância.
     Parabéns pelos 18 anos!
     Te amo (com todos os “entes”!).

5 de jan de 2010




"Lá está ela, mais uma vez.
Não sei, não vou saber! Não dá pra entender como ela não se cansa disso!
Sabe que tudo acontece como um jogo: Se é de azar ou de sorte, não dá pra prever. Ou melhor, até se pode praver, mas ela dispensa.
Acredito que essa moça, no fundo gosta dessas coisas. De se apaixonar, de se jogar num rio onde ela não sabe se consegue nadar. Ela não desiste e leva bóias. E se ela se afoga, se recupera...
A gente sempre acha que é especial na vida de alguém, mas o que te garante que você não está somente servindo pra tapar buracos, servindo de curativo pras feridas antigas?
Ela muito amou, ama, amará, e muito se machuca também. Porque amar também é isso, não? Dar o seu melhor pra curar outra pessoa de todos os golpes, até que ela fique bem e te deixe pra trás, fraco e sangrando. Daí você espera por alguém que venha te curar.
As vezes esse alguém aparece, outras vezes, não..."

4 de jan de 2010

     Eu só estava criando motivos para não te deixar passar na minha vida sem uma história de verdade.
     Me perdoe a falta de tato, nexo... Razão.




Acabo de chegar em casa e ver tudo diferente.
Ainda estou com este riso bobo na cara.
Amanhã isso passa.
Ainda assim, ainda que amanhã chegue para estragar tudo, poder chegar em casa e ver tudo diferente já são milhões de quilômetros rodados.
Você não sabe, nem sonha, mas você acaba de zerar minha vida.
Você acaba de zerar tudo.
Eu posso sentir isso de novo. Que bom! Achei que eu ia ser esperta pra sempre, mas para a minha grande alegria estou me sentindo uma grande idiota.

Extraído de "Para um menino com uma flor", TB.

Sonhos, ilusões, etc e tal.

     Sempre usei as palavras "ilusão" e "sonho" como sendo sinônimos.
     Hoje me dei conta de que estava errada.
     Ilusão é quando você cria algo da forma como você quer, pinta das cores de sua preferência, molda de acordo com o tamanho da sua expectativa. As ilusões são passageiras.
     Sonho é o devaneio de quando estamos em estado de profundo sono, você não sabe o que vai acontecer, quem vai estar lá, como vai ser. Sonhos não são programáveis.
     Por exemplo, quando se começa a trabalhar, vê-se que o mundo corporativo não é o mundo de fantasias que você imaginava, onde todos lutam por um mesmo ideal (leia-se: crescimento da empresa/organização) e que existe sim gente negativa, gente louca (que fazem você se perguntar qual é a serventia delas no mundo), gente que quer ver você se ferrar. E a ilusão se transforma em revolta.
     Quando se termina um relacionamento, diz-se: "Foi tudo ilusão". Jamais ouvi alguém dizer "Foi tudo um sonho" (a não ser corno arrependido). Porque você idealiza a pessoa da forma como gostaria que ela fosse, de uma forma perfeita pra você e não uma forma perfeita para que o relacionamento se mantenha. Você se dá conta de que a ilusão de homem ou mulher que você tinha não existe e com isso se dissipa a importância de tudo o que passaram juntos e todo o amor prometido até a eternidade.
     A verdade é que eu gostaria de mais sonhos, uma vida com mais sonhos. Queria deixar as coisas fluirem e serem naturais como acontece quando sonhamos. As coisas não são do meu jeito e normalmente não satisfazem minha expectativa. Normalmente não condiz com a minha ilusão. E normalmente só aceito isso depois de questionar o porquê de tudo. Eu queria aceitar que as coisas são como devem ser e que o destino não obedece a lógica dos meus desejos.
     A verdade é que mais uma vez comecei o texto falando sobre uma constatação e terminei constatanto o que me falta, o que me dóe (assim que se escreve?). A verdade é que tudo isso, desde o início da transmissão de pensamentos de um neurônio pro outro, é meu subconsciente gritando como eu gostaria que essa incerteza que eu sinto ao pensar no meu futuro e em você não passasse de ilusão.



"Um dragão vem e parte para que seu mundo cresça? Um dragão vem e parte para que você aprenda a dor de não tê-lo, depois de ter alimentado a ilusão de possuí-lo? E para que aprenda a forma de retê-lo, se ele um dia voltar?"
Os Dragões não conhecem o paraíso, CFA

2 de jan de 2010

"Em vez de faces, jeitos, vozes, nomes, cheiros, formas, chegam-me somente emoções confusas."
Foi tudo muito rápido entre a emoção e a entrega - e eu ainda fiquei viva por um minuto.
Foi o tempo suficiente para eu olhar o mundo sem procurar a perfeição e sentir sem o peso da espera pelo próximo minuto.
Vulgar, insana... Meu coração explodiu duas mil vezes e sossegou antes de ser pisado.
Viver nunca durou tanto...