20 de jan de 2010

"Eu quero que a cada momento em que você sentir dúvida, você feche os olhos e sinta o vento. Eu quero que o vento lhe sopre sonhos bons e lhe leve bem rápido para onde seu coração lhe guiar, para onde você quiser ir. Não precisa hesitar, pode acreditar, essa noite eu dispensei o acender de velas para pedir pelos seus sonhos. Eu desejei ao universo que ele acendesse o sol em sua intenção, por isso, toda vez que o sol brilhar lembre-se que há uma chama em seu nome brilhando todos os dias, então, quando os sonhos sumirem e tudo parecer escuro, por mais que a esperança se vá, o sol sempre voltará a brilhar por você, só por você. Fique bem, meu bem"
 

Com todo o meu afeto, de Ruleandson do Carmo

Nenhum comentário: