25 de jan de 2010

Válvulas de escape

Para onde você vai quando precisa se sentir em paz? O que você faz quando a realidade pressiona?
As indústrias de entretenimento lucram horrores todos os meses pois as pessoas estão cansadas da realidade e tentam se livrar dela, esquecendo-se de que os finais felizes são finais e se vão junto com o “the end”. Tirando o monstro capitalista, as válvulas de escape te levam para um outro mundo, onde as coisas podem sim ser perfeitas e finais podem sim ser felizes.
É lógico que teatro, livro, cinema, além de agregar cultura à pessoa, torna o mundo mais encantado. Mas e depois? De nada vale se maravilhar com a história de alguém que venceu na vida e não mexer uma palha para subir um degrau na sua.
Se a sua válvula de escape tem apenas o objetivo de te ajudar a escapar e não te inspira a viver melhor, é mais proveitoso investir tempo tentando melhorar a sua realidade do que fugindo dela.

Nenhum comentário: