29 de dez de 2009

Ai! Se sêsse!



Se um dia nós se gostasse;
Se um dia nós se queresse;
Se nós dois se impariásse,
Se juntinho nós dois vivesse!
Se juntinho nós dois morasse!
Se juntinho nós dois morresse!
Se pro céu nós assubisse?


Autor desconhecido

2 comentários:

Ana Alice disse...

Muito fofo, amei!

=*

eufra44 disse...

Oi linda, segundo o Fogo do Cordel Encantado, a poesia Ai! Se sêsse, é de um poeta do início do século passado chamado Zé da Luz.