6 de jul de 2010

O reencontro Leonino


“Não existirá adeus enquanto um de nós ficar aqui”

O tempo passa e nos faz amadurecer a cada conselho, a cada abraço, a cada lágrima, a cada pedido de desculpa, a cada risada descontrolada, mas cheia de sentido e significados.
Que bom que cada um tem o seu próprio caminho, porque só assim podemos, nas nossas cruzadas, trocar experiências, dicas da vida, puxões de orelha, empurrões, conforto, carinho...
É fantástico descobrir o quanto nossa amizade continua verdadeira mesmo depois de termos mudado tanto.
Podem anos se passar mas nos abraçamos e sorrimos e conversamos como se estivéssemos nos despedido num ponto de ônibus qualquer há poucos dias.
Essa nossa semelhança de vontades, problemas, obstáculos e forma de lidar com eles se torna um vínculo cada vez mais estreito...
Nos entendemos, nos suportamos e nos consolamos da forma mais natural e sincera possível.

Contem comigo pra tudo, assim como sei que posso contar com vocês.
Amo a gente assim... Pra sempre!

“As palavras não saem da boca sem antes passar pelo coração!”

3 comentários:

Anônimo disse...

Que lindo!
Que essas amizades durem eternamente!
Amo vocês!
Prih

Evelyne Freitas disse...

sempre digo o obvio quando pouso aqui: belo texto e você arrasa!

abraço!

Jady Menezes disse...

*------------*
Nossa Mah, ficou lindo mesmo... eu tambem amo você :) <3'