1 de fev de 2010

Errou? Explodiu na hora errada? Passou vergonha? Ta doendo? Foi demitido? Terminou o namoro? Se arrependeu? Tomou um pé na bunda? Chorou muito?
Se desapega e segue em frente! Para abandonar dores antigas é preciso mudar nossos antigos hábitos também. Pinte a casa, ou troque os móveis de lugar! Tome leite ao invés de café! Mude o lado de dormir na cama! Compre uma bicicleta ao invés de um videogame!
Manter os mesmos hábitos é um motivo para você manter o jeito de pensar também. É preciso um trabalho de renovação intensa, para esquecer feridas antigas e saber tirar boas lições disso e não apenas sofrimento.
Não adianta ficar remoendo coisas do passado pra tentar consertar a sua atitude ou a atitude alheia depois delas já terem se concretizado. Tudo acontece como tem que ser, e depois de um tempo percebi: nada é por acaso, coisas pelas quais eu esperava deixaram de acontecer para que outras melhores chegassem.
O que define nosso futuro são as atitudes que tomamos no presente referente às coisas do passado. E aí, vai chorar até se desintegrar ou levantar a cabeça e buscar por dias melhores?
Acima e além de tudo, cresça. Com erros e acertos. Porque crescer é a única bonança que você pode tirar depois de ter errado. E quando você acerta, fica mais longe de errar e cresce mais ainda. O tempo passa, eles passam, as brigas passam, e a vida passa. Tudo se renova.
Agora, quem escolhe viver de passado acaba se perdendo no tempo.


"Ô minha filha, as suas dores não são as maiores do mundo e nem vão ser. Sacode a poeira. Toma um banho de rio. Abre essas asas. Grita alto, chora baixo. Pula alto e cai de cara. Desenha toda a beleza do mundo. Compra uma caixa de lápis de cor e sai aí colorindo a vida."
Tati Bernardi

Nenhum comentário: