20 de jan de 2011

Você quer motivos?! Então TOMA!

Porque era eu que você acordava no meio da madrugada
Porque era eu que conversava contigo enquanto você fumava.
Porque era eu que sempre entendia suas piadas; boas ou ruins.
Porque era eu que te ouvia falar sobre mulheres, sexo, mulheres e sexo.
Porque era eu que enxugava suas lágrimas e pedia pra você ficar calmo.
Porque era eu que você dizia “amar”.
Porque era eu que respondia com um “TÁ”...
Porque era eu que te fazia “dobrar de tanto rir”.
Porque era pra mim que você falava que nada ia mudar.
Porque era pra mim que você dava a chave do seu carro quando você ficava bêbado.
Porque era pra mim que você mentia e se arrependia na mesma hora.
Porque era eu que te emprestava dinheiro quando você não tinha, assim como o amor.
Porque era pra mim que você cantava suas músicas favoritas.
Porque era eu que nunca falava sobre mim.
Porque era eu que te dava um tapa toda vez que você precisava crescer.
Porque era eu que aguentava seus surtos infantis.
Porque era eu que dizia que tudo ia ficar bem...

2 comentários:

Evelyne Freitas disse...

Amei o texto.
é uma carta?
Volto pra passear mais aqui.

Cristyn disse...

Nossa que saudades de vc! Masdepois de tanto tempo longe vc volta com um desses e pronto! Tá desculpada! ;D